PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO RECEITAS DESPESAS PASSAGENS E DIÁRIAS SERVIDORES LICITAÇÕES, CONTRATOS E CONVÊNIOS RESPONSABILIDADE FISCAL LEGISLAÇÃO AGENDA INSTITUCIONAL


Publicado no portal Santana do Ipanema em 27/05/2019 15:55:51

  Prefeito de Santana do Ipanema decreta luto oficial de três dias pela morte do ex-governador Geraldo Bulhões


O prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões, decretou luto oficial de três dias no município, a partir desta segunda-feira (27), em sinal de profundo pesar pelo falecimento do ex-governador de Alagoas, Geraldo Bulhões Barros.

GB, como era conhecido, tinha 81 anos e estava internado há três dias no Hospital Vida, em Maceió. Seu quadro de saúde complicou nos últimos dias e ele acabou não resistindo e entrando em óbito no início da tarde desta segunda.

Natural de Santana do Ipanema, Geraldo Bulhões carregava na bagagem um extenso e admirável currículo, servindo de exemplo e orgulho para todos os santanenses. Foi promotor público adjunto no período de 1963 a 1964 na cidade de Pão de Açúcar e procurador do município de Maceió entre 1964 e 1965, deputado federal por Alagoas durante cinco mandatos consecutivos compreendidos entre os anos de 1971 e 1991 e governador de Alagoas entre os anos de 1991 e 1994.

Geraldo Bulhões era filho de Benício Mendes Barros e Aquilina Bulhões Barros, irmão do atual prefeito do município, Isnaldo Bulhões Barros e tio do deputado Federal Isnaldo Bulhões Júnior.

O prefeito Isnaldo Bulhões publicou uma nota em suas redes sociais lamentando a morte do seu irmão. "Meu irmão Geraldo Bulhões partiu para a morada eterna. Ele tentou, nós tentamos, mas prevaleceu a vontade de Deus. É um momento de muita dor e tristeza em nossa família. Você cumpriu seu papel na política alagoana e hoje Santana do Ipanema perde mais um filho. Saiba que estará sempre guardado em nossos corações com as melhores lembranças. Descanse em paz meu irmão", escreveu.

O deputado Federal Isnaldo Bulhões Júnior, sobrinho de Geraldo Bulhões também lamentou o falecimento do seu tio. "É com grande pesar que cumpro o dever, de registrar o falecimento do meu tio e ex-governador de Alagoas, Geraldo Bulhões. Quando governou o nosso estado, Geraldo fez aquilo que sempre pregou: olhou para os mais pobres, os sertanejos e os mais humildes. Hoje tenho uma grande missão em minha vida: levar esse sobrenome que carrego com muito orgulho para os quatro cantos da nossa Alagoas, com o objetivo maior de continuar com muito mais garra e determinação, esse trabalho tão grandioso que o saudoso GB começou, com muita fé e firmeza, como vocês podem ver neste trecho de um vídeo onde ele estava fazendo os preparativos para receber o Papa aqui na capital. Fique em paz tio, o senhor fez muito por nós, chegou o momento de descansar".








 

 


Contatos

R. Cel Lucena Maranhão, nº 141, Centro 
Santana do Ipanema, AL 
Cep: 57500-000 

Telefone: +55 82 3621-3280